01

Árbitros CBF do DF recebem mérito das mãos da CDAF/FFDF

Na noite desta quarta-feira (23), em evento realizado na Galeteria Beira Lago, os árbitros e assistentes da Comissão Distrital de Árbitros de Futebol (CDAF/FFDF), que integram o quadro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), receberam as insígnias da entidade máxima da maior modalidade esportiva, praticada em todo o Mundo. A congratulação foi prestigiada por dirigentes da arbitragem e da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF).

A cerimônia de entrega, seguida em meio a um jantar de confraternização, contou com a presença de 18 profissionais do apito, sendo sete árbitros e 11 assistentes. Entre eles, duas mulheres que se destacam na arbitragem nacional, Leila Cruz e Daniela Oliveira. Destaque também para Rodrigo Raposo e Sávio Sampaio, constantemente presentes nas partidas da Série A do Campeonato Brasileiro, formando os sextetos do DF.  

Dentre os demais presentes, estiveram Raimundo Lopo, presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Distrito Federal (SAF-DF) e instrutor da CBF, Jamir Garcez (Diretor de Esportes da SAF-DF e analista de arbitragem CBF); Rodrigo Paulino (vice-presidente da SAF-DF); Dr. Alberto Góis (presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Distrito Federal – TJD-DF); Daniel Vasconcelos (presidente da FFDF); além de Geufran Oliveira (presidente da CDAF/FFDF), que comandou a entrega das insígnias.

Para Geufran, é uma satisfação imensa repassar os distintivos aos árbitros e assistentes do DF. “Tal quantidade de insígnias entregues aqui nesta noite demonstra que o trabalho vem sendo bem realizado e estamos sendo visto com bons olhos pela CBF. Não podemos deixar de trabalhar, para sempre melhorarmos e, com isso, alavancar também o nosso futebol, propriamente dito. Também agradeço imensamente à Comissão de Arbitragem da CBF pelas oportunidades que estão dando aos nossos profissionais”, exclamou.

Já o presidente da FFDF, Daniel Vasconcelos, apenas agradeceu o empenho dos profissionais da arbitragem. “Sei que a boa gestão passa por todos os setores da federação. E os árbitros e assistentes são parte fundamental desse processo de ressurgimento da nossa entidade. E é bom perceber que, assim como eles estão aqui hoje, temos muitos outros no quadro da CDAF/FFDF que poderão em breve estar também”, ponderou.  

Ascom FFDF