01

Saldo positivo para o início do Candangão 2018

Foi árduo, trabalhoso, mas o presidente Daniel Vasconcelos, juntamente do diretor de futebol, Márcio Coutinho, dirigentes de clubes, além dos funcionários ligados à Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), podem comemorar um belo começo do 43º Campeonato de Futebol Profissional da Primeira Divisão 2018. Bons públicos, com os estádios recebendo o público e partidas empolgantes, foi a tônica da rodada inaugural da competição.

Com as liberações e legalizações dos laudos do Bezerrão (Gama), Mané Garrincha (Brasília) e Augustinho Lima (Sobradinho), com o empenho da parceria FFDF e órgãos do Governo de Brasília, os amantes do futebol da Capital Federal puderam acompanhar seus times, o que é o maior objetivo da atual presidência.

Para o diretor de futebol, Márcio Coutinho, a satisfação vem com um misto de alívio. “Só nós sabemos o quanto vem sendo cansativa a tarefa para realizarmos o melhor campeonato para os nossos torcedores. Mas devemos isso ao esforço de todos, desde o nosso presidente (Daniel Vasconcelos), até os responsáveis pelos órgãos do Governo. As pessoas podem ter certeza que tentaremos sempre melhorar, trabalho não vai faltar”, comentou.

Abertura para servir de exemplo

Com apenas uma partida não realizada (Ceilândia x Paranoá foi adiado devido à participação do Gato Preto na Copa Verde) o torcedor que foi aos outros cinco confrontos não saíram sem comemorar gols. Nenhuma partida ficou no 0 x 0. Com 14 tentos anotados pelos artilheiros da rodada, a média de 2,8 por duelo deu amostra do que será a competição este ano.

Por curiosidade, todas as vezes que a rede balançou, foi pelo pé ou cabeça de um atleta diferente. Assim, ninguém largou à frente na briga pela artilharia. Para a próxima rodada, a diretoria ainda trabalha em conjunto com dirigentes dos clubes e o Governo de Brasília para liberarem mais dois estádios, o Rorizão (Samambaia) e Serejão (Taguatinga), o que pode ocorrer nos próximos dias.

Confira os resultados da 1ª rodada do Candangão 2018:

Paracatu 1 x 0 Samambaia

Público: 568

Renda: R$ 4.320,00

Santa Maria 2 x 2 Luziânia

Público: 694

Renda: R$ 2.440,00

Sobradinho 2 x 1 Formosa

Público: 234

Renda: 3.590,00

Brasiliense 1 x 2 Real

Público: 988

Renda: R$ 5.200,00

Gama 1 x 2 Bolamense

Público: 1.724

Renda: R$ 21.630,00

PÚBLICO TOTAL: 4.208

RENDA TOTAL: R$ 37.180,00

Foto: Anderson Papel

Ascom FFDF